O OKR (Objectives and Key-Results) é um método para definição de metas criado por Andy Grove na Intel, na década de 70, mas que começou a se tornar popular com a aplicação bem sucedida no Google, no final da década de 90. O método é composto por três componentes: Objetivos, Resultados Chave e Iniciativas. O método vem sendo amplamente utilizado com o crescimento do Business Agility.

Segundo Doerr, em seu livro “Measure what metters“, o objetivo deve ser curto, significativo, inspirador, concreto e orientado para mostrar a direção que deve ser seguida pela organização, indivíduos e equipes.
Os resultados-chave são formas de medir, quantitativamente, se os esforços estão na direção de atingir os objetivos. São criados fazendo uma simples pergunta: “como saberíamos se cumprimos nosso objetivo?” Conforme exemplificado por WODTKE, C. em seu artigo “The Art of the OKR”, um objetivo possível seria:
Objetivo: Criar um impressionante MVP (Minimum Value Product) de um aplicativo

Resultados-chave:

  • 40% dos usuários retornem 2 vezes por semana ao aplicativo
  • Pontuação de recomendação de 8
  • 15% de conversão

Já as Iniciativas são apostas ou hipóteses (convertidas em ações, projetos ou entregas) do que devem ser feitas para se atingir os objetivos.

Sob uma perspectiva diferente do modelo tradicional para definição de metas organizacionais, que é “Top-Down”, o OKR utiliza uma abordagem de baixo para cima e de cima para baixo, gerando um alinhamento horizontal entre as equipes. Desta forma, os funcionários participam na elaboração das metas e iniciativas, ativamente, e se sentem valorizados e motivados a atingir os objetivos.

São criados dois tipos de OKRs, os Estratégicos (Tier1) e os Táticos (Tier2). Para definir os OKRs Estratégicos, a Alta Gestão da organização deve responder as seguintes perguntas: Quais são nossas principais apostas? Quais são as prioridades? Quais são os resultados que queremos gerar? O planejamento deve ser anual, com revisões trimestrais.

Já para definir os OKRs Táticos, as equipes devem responder as seguintes perguntas: Como podemos contribuir para os OKRs Estratégicos? Quais Resultados Chave do Estratégico podemos impactar? O planejamento deve ser trimestral, com revisões mensais. Assim criarão seus Objetivos, Resultados Chave e Iniciativas alinhadas aos OKRs Estratégicos. Tanto os OKRs Estratégicos quanto os Táticos podem ser compartilhados entre equipes diferentes.

%d blogueiros gostam disto: