Depois de um tempo com liderança, senti que precisava ter momentos de feedback para saber como poderia melhorar o meu trabalho e contribuir com o crescimento das pessoas. Trabalhando com Agilidade, essa necessidade só aumentava, já que a melhoria contínua e transparência estão no cerne dessa cultura. Então, além das retrospectivas que aconteciam com toda equipe, buscava proporcionar momentos de feedback individuais (programados e frequentes num espaço apropriado), além dos instantâneos.

No início, sentia muita dificuldade em colocar as insatisfações. Buscava fazer o feedback sanduíche, levando um ponto positivo, a insatisfação a ser trabalhada e encerrava com outro ponto positivo. Mesmo com uma escuta atenta e abrindo a conversa com os pontos que eu precisava melhorar, para criar um espaço de confiança e quebrar o gelo, sentia que essa abordagem não era natural e, muitas vezes, achei que causava mais dúvida do que efetividade da minha intenção.
Percebi que, além dos profissionais da minha equipe, outros líderes também se sentiam desconfortáveis para dar e receber feedback a pares e integrantes de suas equipes.

Com o tempo consegui melhorar os feedbacks, mas demorou bastante até eu me sentir confortável e acertar a dose com as pessoas com quem trabalhava e já faziam parte da minha vida há anos.
E quando tudo estava mais confortável nesse aspecto, mudei de emprego. Estou numa nova empresa há 6 meses e apesar de estar feliz por aprender muitas coisas novas, comecei a ter alguns desconfortos. Como a cultura do feedback ainda não está estabelecida na nova equipe, por um momento senti ter voltado à estaca zero.

Foi quando conheci uma abordagem de feedback chamada Feedback Wrap criada por Jurgen Appelo, autor dos livros como “How to Change the World”, “Management 3.0”, “#Workout” e “Managing for Happiness”.

Para Jurgen Appelo, existem 5 motivos dos quais o feedback é importante:

  1. Pode manter a equipe evoluindo
  2. Dá a sensação de pertencimento e propósito
  3. Aumenta o crescimento e felicidade
  4. Destrava a mudança e inovação
  5. Evita que as equipes fiquem desencorajadas

Achei essa abordagem extremamente simples, natural e de fácil aplicação. Abaixo explicarei o passo-a-passo, exemplificando com meu caso real.


O Feedback Wrap consiste de 5 ingredientes:

Ingrediente 1 – Descreva seu contexto


Ingrediente 1 – Descreva seu contexto: É necessário começar oferecendo um contexto para aumentar a compreensão e apreciação da sua situação por parte das outras pessoas.

“Esse mês completei 6 meses na empresa. Passou rápido! 🙂 Nesse tempo tive a oportunidade de trabalhar com várias coisas diferentes, como os Convênios, Auditoria de TI e conhecer um pouco de Power BI, tendo a chance de aplicar agora no trabalho de Agilidade. Está sendo bem bacana! ”

fonte: https://management30.com/practice/feedback-wraps/

Ingrediente 2 – Liste suas observações: Você então oferece observações (sem apontar os dedos) de exemplos e ocasiões específicas.

“Só que às vezes aparecem algumas demandas pontuais, geralmente mais urgentes, como a de hoje, em que teríamos quer ajudar o colega a achar contratações de aluguel de ambulâncias em outros órgãos e até outros estados. Um outro bom exemplo são os relatórios de inteligência que tivemos que desafogar nos últimos dias. ”

fonte: https://management30.com/practice/feedback-wraps/

Ingrediente 3 – Expresse seus sentimentos: Você deixa o receptor saber como você se sente sobre os fatos, criando conscientização do impacto dos fatos sobre você, sem culpar ninguém em específico.

“Por mais simples que possa parecer, essas demandas que exigem conhecimento dos sistemas e/ou bases de dados tenho sentido muitas dificuldades e isso tem me bloqueado em alguns instantes. ”

fonte: https://management30.com/practice/feedback-wraps/

Ingrediente 4 – Explique o valor: Você explica suas necessidades, pois o receptor pode simplesmente não perceber o que é importante para você.

“Isso é importante para mim, pois gosto de me sentir útil e quero poder contribuir com nossa equipe como vocês fazem. ”

fonte: https://management30.com/practice/feedback-wraps/

Ingrediente 5 – Ofereça algumas sugestões: Você permite que a pessoa descubra o que precisa ser feito para fechar a lacuna entre as necessidades e os fatos, e você oferece uma ou duas sugestões para levar as coisas adiante.

“Eu gostaria de sugerir que a gente dedique um tempo para mapear as competências que são necessárias para nossa área para que eu possa ter um norte do que preciso aprender, trabalhando isso em etapas. Uma outra coisa legal seria conseguir dedicar algum tempo na semana para escrever os procedimentos na base de conhecimento que nós decidimos fazer, sem que isso se perca com os “incêndios” que apagamos no dia a dia.”

Depois que mandei a mensagem no grupo da minha equipe, senti uma profunda força de vontade dos colegas em contribuírem com a questões que levantei. A abordagem traz um reforço positivo e estimula a empatia. Além de ter sido muito confortável de expressar, acredito que está sendo uma forma de melhorar a organização do trabalho e facilitar a entrada de novos integrantes na equipe, ainda mais por estarmos fazendo nosso trabalho remotamente. A simplicidade da abordagem também contribui para o nascimento de uma cultura de feedback.

Referências:
https://management30.com/practice/feedback-wraps/
How to apply a Feedback Wrap: https://youtu.be/YTh8bDyDz9c

%d blogueiros gostam disto: