É crescente o número de empresas que seguem os métodos ágeis, “fazendo ágil”, mas que não conseguem “ser ágil”, de fato. Diante desse cenário, foi criada a metodologia para auxiliar equipes responsáveis por implantar e fomentar a agilidade nos times, que tenho o prazer de disponibilizar com a comunidade ágil. Mas pra quem chegou agora, afinal, o que é agilidade? Quando ouvimos esse nome, logo vem à nossa mente um sinônimo bem próximo que é a rapidez. Essa confusão já trouxe muitos equívocos, pois “ser ágil” é “ser adaptável à mudança”, é deixar de fazer coisas inúteis para os usuário, mesmo que o pagamento seja bom. É exercitar o diálogo honesto e trabalhar colaborativamente. É mudar o estilo da receita de “produtividade” para “entrega de valor”, em pequenas partes, que trazem ganho real para o cliente. É mudança no agir da liderança, vindo de cima pra baixo, trabalhando o auto-gerenciamento dos times. É uma filosofia que demanda melhoria contínua do grupo como um todo e de cada indivíduo.
Para que esse movimento seja impulsionado com sucesso nas empresas, é necessário estudo, preparação e vivência. Muitas vezes, a gente receita o remédio que não toma. Grupos de gestão de mudança, facilitadores, PMOs e até mesmo agile coaches, muitas vezes, não conseguem viver o mindset ágil no próprio grupo a que pertence, não sentindo sua complexidade na pele. A proposta dessa metodologia é a de que esse grupo possa viver o mindset ágil no dia-a-dia, para só assim aplicar, nos times ágeis de desenvolvimento, conhecimentos e experiências adquiridos internamente. Espera-se, com isso, conquistar o mindset ágil e alcançar maiores benefícios que a aplicação de práticas ágeis não é alcançado.
A metodologia surgiu a partir dos conhecimentos que adquiri no mestrado de ciência, tecnologia e inovação da UFRN, que está em andamento, e da minha experiência e de minha equipe no acompanhamento de pelo menos 70 projetos ágeis ao longo de 6 anos.

Caso deseje um exemplar da metodologia, favor entrar em contato em marciasoaresmarques@gmail.com.

O público alvo para utilização da metodologia são profissionais que :

  • Atuam em escritório de projetos;
  • Trabalham com projetos ágeis na organização e necessitam desenvolver o mindset ágil nos times;
  • Desejam implantar um escritório de projetos na empresa;
  • Atuam como agile coaches;
  • Atuam como facilitador ágil;
  • Atuam em equipes de gestão de mudança.

#

No responses yet

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: